5 Competências da Redação ENEM

Por Fernanda Pompeu em Escrever na internet

Ué?
O que a redação do ENEM tem a ver com a escrita na internet?

Na minha forma de ver, tem muito a ver.
Por quê?
A redação do Enem é do gênero argumentativo.

O argumentativo passa por três momentos obrigatórios.
Primeiro momento: Você diz acerca do que irá escrever. Explicita o tema.
Segundo momento: Você articula seus argumentos.
Terceiro momento: Você trabalha a conclusão. O famoso E daí?

Ora, nas redes sociais, nos blogs também, com frequência, escrevemos posts argumentativos.
Fazemos isso para expor e defender nossos pontos de vista.
Daí pensei: puxa, dever ser útil conhecer as 5 competências exigidas
nas redações do ENEM.
Segue o resumo:

COMPETÊNCIA 1
Domínio da norma culta da língua escrita

Trocando em miúdos: Escreva respeitando, ao máximo, as regras gramaticais. Você não está falando (quando a liberdade é muito grande). Você está escrevendo (usando regras que sustentam o código da língua escrita).
Preste atenção nas ortografias, concordâncias nominal e verbal, regências, plurais, crases, vírgulas etc.
Dica: Antes de passar a limpo sua redação, revise o português.

COMPETÊNCIA 2
Compreender a proposta da redação

Trocando em miúdos: Preste muita atenção no tema.
Leia concentradamente os trechos motivadores. Bem lidos, eles se tornam inspiradores.
O gênero de escrita exigido é o dissertativo-argumentativo: tese, desenvolvimento, conclusão.
O quê. Por quê. E daí.
Não se distraia. Não pegue caminhos paralelos. Foque no tema.
Dica: Observe a estrutura de textos dos Editorias dos grandes jornais.
Não esqueça: se você fugir do tema, escrever confissões, descrições ou versos, ganhará nota zero.

COMPETÊNCIA 3
Coerência do Texto

Trocando em miúdos: trata-se de selecionar, articular, organizar as ideias da redação.
Coerência significa o alinhamento dos significados, sem cair em contradições, sem escorregar em incongruências.
Exemplo: um texto que pretende enaltecer a democracia não deve terminar lançando confetes às ditaduras.
Você precisa proteger as ideias da sua redação para defender seu ponto de vista.
Dica: Leia muito. Leia de tudo.

COMPETÊNCIA 4
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos

Trocando em miúdos: praticar a coesão, isto é, a articulação eficaz entre palavras, frases, parágrafos.
Para o texto apresentar coesão, você precisa conhecer (e saber usar) os elementos coesivos.
Exemplos de conectivos:
também, ainda, mas, entretanto, quase, em suma, a fim de, ele, ela, pois, onde, no qual, porque, finalmente, em resumo etc.
Dica: Nas leituras, observe a presença e finalidade de pronomes, locuções, advérbios.

COMPETÊNCIA 5
Proposta de intervenção para o problema apresentado pelo tema

Atenção: A intervenção deve respeitar os direitos humanos.
Por exemplo, se sua redação finalizar propondo a volta da escravidão, você ganhará zero.
Trocando em miúdos: o último parágrafo da redação é reservado para a conclusão.
O famoso e daí?
Dica: Não proponha nada mirabolante ou fantasioso.
Por exemplo: “O Planeta só será salvo quando o último ser humano desaparecer.”
Seja simples, seja realista.
E boa Nota 1000!

Que se aprofundar na redação Enem,
veja a Live:

Gostou? Passe para frente:

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top