A ocultação das palavras

Por Fernanda Pompeu em Escrever na internet

Por que a ocultação das palavras? Sempre tive a impressão de que as palavras se ocultam nas esquinas, nos cantos da casa, na gaveta do criado-mudo. Debaixo dos lençóis e nas tripas do Google.

As palavras adoram o jogo do esconde-esconde. Elas fogem dos escribas. São o contrário dos pecadores que anseiam por confissões. Ficam mudas enquanto não tocadas. Elas sabem que se não as encontrarmos, a escrita não servirá.

Então é tomar o café e sair à caça!

Mas as palavras, entre elas, são distintas. Os adjetivos são mais exibidos e abundantes. Os substantivos formam a linha de frente, convencidos de seu poderio. Os verbos? Esses nem olham para nós, sabem que sem eles o texto não comunicará.

Todos os dias, em todas as manhãs, sei que sou formiguinha. As palavras, elefantes.

Leia também Dicas para Escribas

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma resposta para “A ocultação das palavras”

  1. […] fundo, não existe local ideal para começar a escrever. Pode ser no quarto, na sala, na cozinha. No silêncio e na fuzarca. Clarice Lispector (1920-1977) escreveu textos maravilhosos com a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top