Não existe o ideal para escrever um blog, então vai lá e faz

Por Fernanda Pompeu em Escrever na internet

Não existe o ideal para escrever um blog.
Você tem que começar.
Simples assim.
É claro que a gente sente medos:

E se meu blog não for tão bom?
E se ninguém curtir?
E se eu desanimar no meio do caminho?
E se eu me sentir meio ridículo?

Fico pensando: de onde vêm esses medos?
Acho que muitos deles vêm da época em que publicar era um sistema analógico.
Esses medos vêm de um mundo onde havia editores, casas editoras, gráficas, distribuições caras e prateleiras finitas.
Era um mundo de muitos aspirantes a escritores, mas de poucos escritores publicados.
Muitos de nós nascemos e fomos criados na cultura da escassez.
Mas o que vivemos agora é a cultura da abundância:

1
O que tem a ver escrever um blog com escrever um livro?

Quando eu estudava na Escola de Comunicações e Artes da USP – no final dos anos 1970 – muitos colegas desejavam escrever um livro. Nessa época nem sonhávamos com a internet ou coisa parecida. Então, quem quisesse organizar sua produção escrita tinha que pensar em livros. Mas apesar de muitos desejarem escrever pra valer, poucos faziam.

Uma desculpa recorrente era a falta de um lugar adequado:

Ah, quando eu for para o sítio dos meus pais na Serra da Mantiqueira, vou escrever o livro.
Seu eu morasse em Paris, com certeza, escreveria vários livros.

Vida seguiu e a maioria dos livros ficaram presos nas nossas cabeças.

2
Com os blogs ocorre algo similar. Muita gente diz:

Quero fazer um blog.
Preciso fazer um blog.
Seria muito legal ter um blog.

Mas pouca gente põe esse desejo no teclado. As desculpas não têm a ver com lugar. A internet não tem lugar. Agora o problema é o tempo. O tempo que falta, o tempo que voa, o tempo invisível.

3
No entanto, lugar e tempo são coisas que a gente inventa.
Pois não existe o ideal para escrever um blog

 

Leia também A gente tem medo da postagem autoral?

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

10 respostas para “Não existe o ideal para escrever um blog, então vai lá e faz”

  1. […] Leia também Não existe o ideal para escrever um blog […]

  2. Ana Clara Andrade Bevilaqua disse:

    Adoraria saber escrever … Amo ler … Mas…zero para criatividade e zero para português.

    • Fernanda Pompeu disse:

      Ana querida, isso não é verdade. Ninguém é zero em criatividade. E nenhum brasileiro é zero em português. Escrever é desejo e muita prática. É como nadar, você aprende fazendo. Beijo e obrigada, prima, por comentar no Acelera Texto.

  3. […] que é filosofia da simplicidade?  Se você pretende começar ou reformular um blog, ser simples é o seu motor de arranque. Porque se a gente projeta algo complicado, acaba […]

  4. […] vezes, publico mais de um texto por semana. Pode acontecer também de não publicar nada. Penso em me organizar para publicar dois textos por semana. É uma […]

  5. […] que o canal transmissor determinava o próprio conteúdo, o mundo nem sonhava com internet, blogs, redes […]

  6. Fabio Gomes disse:

    É uma questão de prioridades, né, Fernanda. Se a pessoa realmente quer fazer algo, ela arruma tempo e faz. Isso de ‘lugar ideal’ é que não existe mesmo!

    • Fernanda Pompeu disse:

      Mais ainda, Fabio. O lance do momento, da ideia, do lugar ideais são armadilhas. Pois como estão sempre no futuro, no sonho, a gente fica aguardando e acaba não começando nada. Aquela história “o ótimo é inimigo do bom”. Abraço.

  7. […] Uma vez que decidiu manter a regularidade de postagens, crie um blog. O facebook não ajuda na localização dos textos. Até criar o meu, passei a guardar as postagens […]

  8. […] vez que decidiu manter a regularidade de postagens, crie um blog. O facebook não ajuda na localização dos textos. Até criar o meu, passei a guardar as postagens […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top