Português correto ajuda a escrever bem

Por Fernanda Pompeu em Língua na palma da mão

Para começar a conversa: o que é ter português correto?
Na minha opinião, é respeitar as regras gerais da língua.
Mais do que respeitar, é aplicar essas regras no momento em que escrevemos.

É certo que não basta ter português correto para escrever bem. Para conseguir uma escrita bacana, precisamos praticar clareza, coerência, coesão, fluidez, liberdade de estilo.
Mas ter português correto é a condição necessária para escrevermos qualquer história, ou expressarmos qualquer ideia.

Aí vão algumas dicas básicas para um português correto:

1
Nunca separe, com vírgula, o sujeito do verbo e complemento

A infectologista colombiana Maria José Mejia, fez uma live no instagram.
Gente! Não existe vírgula depois de A infectologista colombiano Maria José Mejia.
Ela é o sujeito da frase. Não podemos separar o sujeito da sua ação (fez) e o do seu complemento (uma live no instagram).
O certo: A infectologista colombiana Maria José Mejia fez uma live no instagram.
Mais acerca da vírgula

2
Nunca use crase diante de palavra masculina

Vendo à prazo. Não!
Para existir crase é preciso ter preposição a + artigo definido a.
Assim: a+a = à.
Portanto: não existe artigo definido A com palavra masculina. Só preposição A.

Da mesma forma, nunca use crase diante de verbo
Começou à falar. Não!
Para existir crase é preciso ter preposição a + artigo definido a.
Assim: a+a = à.
Portanto: não existe artigo definido A com verbo. Só preposição A.
Mais acerca da crase

3
Não se descuide da concordância verbal

Regra geral: deve existir concordância do verbo com o sujeito.
As freiras, nas Cataratas do Iguaçu – Paraná, sorriu para mim. De jeito algum!
As freitas (plural) + sorriram (plural).

Também,
Ela tem diploma.
Elas têm diplomas.
Ele pode se vacinar no próximo mês.
Ele pôde se vacinar ontem.

4
Cuide da regência verbal

Relação entre o verbo e seu complemento (com ou sem preposição).
O povo deseja governantes melhores (desejar não pede preposição).
O povo anseia por governantes melhores (ansiar pede preposição).

Presta atenção também nos verbos, que ora pedem ora não pedem preposição.
O piloto precisou a hora da aterrissagem (indicou com exatidão).
O piloto precisou de ajuda da torre de controle (necessitou).

5
Cheque palavras parecidas

A fim (objetivo): Estou a fim de namorar.
Afim (semelhante): As vacinas contra o coronavírus são afins.
Viagem (substantivo): A viagem a Moscou foi linda.
Viajar (verbo): Parei de viajar durante a pandemia.

6
Cheque hifens com prefixos
Regra geral

Uma palavra só quando as vogais não são iguais.
auto+estima: autoestima / anti+racismo: antirracismo.

Duas palavras separadas por hífen quando as vogais são iguais:
micro+ônibus: micro-ônibus / micro+ondas: micro-ondas.

Lembrete:
Antes de postar: se tiver dúvidas, pesquise no Google.
Revise seu texto.

Só isso? Não, tem muito mais.
Mas é um bom começo para escrever bem!

Leia também
21 Dicas de Gramática

Gostou? Passe para frente

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top