Agora é mudar ou mudar

Por Fernanda Pompeu em Escrever na internet

Eu sei

A gente gosta de voos tranquilos. Olhar pela janelinha o estável céu, as nuvenzinhas de algodão. Decolar e aterrissar suavemente.
Mas não é sempre assim. De repente, a turbulência. Sacudimos.
Desagradável espiar a asa envergando. Tudo que era estável se mexe.
Não podemos fazer nada. A turbulência vem de fora.
Não a planejamos, não a desejamos. E daí?

Pare o avião que eu quero descer

A piadinha é boa, mas não dá. Temos que passar pela turbulência. Pagar o preço para chegar ao nosso destino.
Em intervalos cada vez mais curtos, sempre que preciso aprender a mexer em uma nova plataforma digital, me acostumar com um novo ambiente, recordo da turbulência. Ganhei uma Alexa de aniversário. Não vejo a hora de usá-la, mas, ao mesmo tempo, penso: vai dar um trabalhinho aprender como usá-la bem.

Isso é coisa de geração?

Pode até ser.
Novas habilidades dão mais trabalho para quem já adquiriu tantas.
Alguém lembra dos cursos de datilografia? Cada vez menos gente, né?
Adquirir a habilidade de trabalhar com os dez dedos era tarefa árdua. Muito mais fácil digitar em teclas macias e com processador de texto que deleta, corrige, aponta erros básicos de gramática.

Tudo no digital é mais fácil

As tecnologias sempre facilitam a vida da gente e criam possibilidades (antes impossíveis).
Tomar café da manhã em São Paulo e, no mesmo dia, jantar em Paris era impossível antes da tecnologia avião.
Produzir e distribuir conteúdos, sem intermediários humanos, era impossível antes das redes sociais.

Não é tão simples

Não precisa nem me falar o quanto é difícil mudar hábitos, abrir mão de velhas (e familiares) maneiras de fazer as coisas.
O ambiente digital deu uma tremenda chacoalhada em protocolos do mundo impresso.
Então quem escrevia para o papel teve que aprender inúmeras habilidades, além da nobre competência de escrever.

Muita gente boa, exclamou:
Além de escrever, vou ter que revisar?
Além de revisar, vou ter que postar?
Além de postar, vou ter que distribuir?
Além de distribuir, vou ter que ler os comentários?
Além de ler os comentários, vou ter que responder?
Além de responder, vou ter que melhorar o próximo texto?

Terá que

Aprender o tempo todo.
Fazer da humildade regra.
Mudar velhas práticas.
Traçar objetivos e estratégias inteligentes.

O que não muda?

Vai seguir escrevendo!

Quer aprofundar? Adquira o E-book A Escrita no Digital

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

2 respostas para “Agora é mudar ou mudar”

  1. Pura verdade! Muito bom o texto, tema que sinto invadir minha vida todos os dias. Seria fácil parar esse bonde, mas nem bonde existe mais…rsss
    Grata por facilitar nossa reflexão.
    Abs
    Teka

    • Fernanda Pompeu disse:

      Tereza, excelente, o bonde nem existe mais. Mas o amor pela escrita permanece. Daí vamos alargar o olhar e ver onde estão as oportunidades para pôr nossas ideias escritas no ar. Avente! Beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top