Diferença entre um cirurgião e um escritor?

Por Fernanda Pompeu em Escrever na internet

Quem responde é o Philip Roth:
“Nem sempre o escritor sabe o que está fazendo. Ele não é como um neurocirurgião. Um cirurgião experiente não vai ser apanhado de surpresa na sala de operações. A esta altura da vida ele já aprendeu. Não tem que inventar cada operação de improviso. Há um método a ser seguido. A maioria das pessoas, exercendo a profissão por mais de 30 anos, não se deixa vencer por um trabalho. Não vai dizer “É terrível, não consigo dar conta”. Já com o escritor, toda vez que começa um trabalho, há momentos em que ele pensa que não vai conseguir. Esse temor aconteceu muitas vezes comigo”.

Conheça o Sobre a Escrita

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

3 respostas para “Diferença entre um cirurgião e um escritor?”

  1. […] que desta vez, não importa que seja o milésimo segundo texto que você escreve, o trabalho pode não acontecer. Desta vez, talvez as palavras não pousem nos nossos dedos. Antes, era o medo do papel em branco. […]

  2. […] de partir do zero. Um novo texto é sempre um começo, uma tentativa. O bom texto escrito hoje não garante qualidade ao que será escrito […]

  3. […] não importa se sua intenção é escrever literatura ou despretensiosos textos de comunicação. Aprender com os melhores é boa […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top