O Porquê dos porquês – descubra o seu

Por Fernanda Pompeu em Escrever na internet

O porquê é a causa, a visão, a crença, o propósito.
Dito em linguagem simples: é o sujeito que tira a gente da cama, todas as manhãs, para trabalhar. Com gosto.
O porquê é o motivo. O nosso motivo. Todo mundo tem um porquê para viver.
Mas nem todo mundo consegue COMUNICAR para as pessoas o seu porquê. O seu propósito. A sua visão.

Comunicar para as pessoas o nosso Porquê é super importante. Por quê? Porque as pessoas se conectam com propósitos, com visões.
Quando eu informo que o Acelera Texto tem um porquê, tudo fica mais claro na mente das pessoas que se conectam com meus conteúdos.

E qual o porquê do Acelera Texto? Destravar a inspirar escritores digitais. Gente que quer fazer da escrita a sua marca na internet.
Demorei três anos para encontrar a frase Destravar e Inspirar escritores digitais.

É claro que eu sabia desse porquê, muito antes de criar, em setembro de 2017, o Acelera Texto.
Mas eu não sabia dizer, comunicar, informar em uma frase. Foi custoso.
Na verdade todo mundo tem um porquê. Por quê? Porque ele é o sentido. O nosso sentido.
Tem tudo a ver com a história de cada um. Ah, olha para atrás. E para o atrás do atrás.

duas historinhas

O piloto do avião comercial, lembra-se menino brincando com aeronaves de plástico.
Mas o seu porquê nunca foi o avião – nem o de plástico, nem o da Embraer, nem o da Boeing.
O porquê do piloto é voar.

A cozinheira passa o dia entre panelas, frigideiras, alhos e cebolas.
Mas o seu porquê nunca foi o feijão, o arroz, a farinha.
O porquê da cozinheira é assistir à alegria dos comedores.

O autor Simon Sinek escreveu o impecável livro “Comece pelo Porquê”.
Recomendo.
Sinek lista exemplos de grandes líderes, inventores, criadores de empresa que comunicaram, de forma clara, para as pessoas o seus Porquês.
Mas a parte mais saborosa é quando o autor conta de seu porquê.
Qual? Inspirar pessoas a se conectarem com o próprio propósito.
Mais importante ainda: dizerem o porquê.

E eu com isso?

Todos nós – criadores de conteúdos, trabalhadores no modo digital -, precisamos alinhar nossos conteúdos ao nosso porquê.
Pois: quando a audiência – usuário, cliente, aluno -, percebe esse alinhamento, ele lê o porquê.
Aí ele decide se adere, ou não, aos nossos conteúdos. À nossa proposta.

Ouça o Podcast Autoridade Digital – o Porquê

Gostou? Passe para frente

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top